©2019 Simplix.

  • Gibran Massabni

Como aumentar a produtividade na gestão de múltiplos projetos

Atualizado: 30 de Out de 2019

É intuitivo para você que para aumentar a quantidade de projetos produzidos num período, é necessário aumentar a quantidade de projetos simultâneos? Se sim, é bom rever seus conceitos.


O aumento da produtividade é muito desejado e buscado pelos gestores de empresas ou departamentos que executam projetos e pode facilmente ser medido pela quantidade de projetos entregues dividida pelos recursos utilizados no período.


Aparentemente, utilizando-se do senso comum gerencial, a produtividade poderia ser aumentada de várias formas, algumas que parecem ser até intuitivas, mas nem sempre trazem os resultados desejados:

  • Iniciar os projetos o mais cedo possível e fazer muitos projetos ao mesmo tempo

  • Acelerar o processo de execução das tarefas – quanto mais rápido melhor

  • Não deixar máquina ou recursos parados - é preciso deixá-los sempre ocupados

  • Fazer os recursos executarem muitas tarefas ao mesmo tempo

Apesar de parecerem intuitivas, quase sempre essas ações NÃO geram aumento de produtividade como se espera, pelo contrário, elas reduzem muito a produtividade e impactam outros indicadores importantes como prazo, custo, recurso, etc. E caso ocorram melhorias, serão temporárias e não se sustentarão a médio-longo prazo.

... então, como fazer mais projetos com os mesmos recursos?


Os direcionadores listados abaixo são senso comum entre as várias metodologias de alta performance em execução de tarefas e projetos como: PMBOK, Critical Chain Project Management (CCPM), Agile e mesmo entre as metodologias de otimização de fluxo de fabricação como Lean e Teoria das Restrições. Por outro lado, nem sempre são de fácil aplicação já que não são tão intuitivas assim. Então, aqui vão algumas dicas:

  • Focar o recurso na execução de cada tarefa é a forma mais rápida de entregar cada uma delas e os projetos como um todo;

  • Montar uma lista de tarefas (fila) e definir prioridades para cada executor, ou seja, definir o que precisa ser feito agora e o que não precisa ser feito agora;

  • Identificar os recursos gargalos e atuar neles para resolvê-los, já que estes ditam o ritmo do sistema;

  • Fazer menos projetos ao mesmo tempo para fazer mais e mais rápido;

  • Planejar cada projeto é fundamental e estes precisam se subordinar à estratégia de execução! Não deve ser muito macro nem muito detalhado, mas precisa ser bem feito e atualizado;

  • Desenhar um fluxo de trabalho para ser espelhado em cada planejamento;

  • Criar indicadores fáceis de serem gerados e interpretados para saber se estamos na direção correta ou não;

A Simplix, com seus mais de 20 anos de experiência em Gestão de múltiplos projetos e recursos e Gestão Empresarial, entende que as várias metodologias citadas acima são muito mais complementares do que concorrentes e vem desenvolvendo sua própria metodologia incorporando o melhor dessas metodologias e assim, gerando resultados contundentes para seus clientes em termos de alta performance: Entregar mais projetos, mais rápido, no prazo, no custo e dentro do escopo! Tudo isso, de forma dinâmica e de fácil entendimento e operacionalização! É o que sabemos fazer melhor!


Quer saber como aumentar a eficiência do seu processo de execução de projetos? fale diretamente comigo: gibran@simplix.net.br.


O nosso negócio é otimizar o seu!